domingo, 18 de outubro de 2009

15 Anos

Sinceramente, não consigo compreender qual é a dessas festas de 15 anos. Eventos colossais, marcantes, gloriosos e lotados de pompa, que fatalmente deixam dividas igualmente colossais e marcantes, porém, estas sem glória ou nenhum tipo de pompa.
Não havia notado o quanto esses eventos (sim, hoje em dia não são apenas festinhas, são verdadeiros eventos), até que vi umas fotos de uma amiga minha hoje. Perguntei de quem era o casamento. Casamento? Era apenas a festa de 15 anos de uma amiga dela. Apenas? Com cantor ao vivo, DJ, vestidos de gala, coquetel, alguns "famosos", filme contando a vida da moça, tudo isso num clube. A aniversariante, pasme, mal era vista pelos convidados! Estava vivendo seu dia de princesa, distribuindo sorrisos e beijos, dançando com o pai, irmão, primo, cachorro, o principe que foi contratado(!?), e recebendo os (também sofisticados) presentes. Tudo isso sem contar a bebida, proibida para menores, porém, quem liga? É uma festa de 15 anos! Defnitivamente não é algo que eu possa definir como "apenas" uma festinha de 15 anos.
E tudo isso para comemorar que a garotinha alcançou uma década e meia de vida.
Como se os outros 14 aniversários dela não tivessem o mesmo significado. E como se ela tivesse esperado até os 15 anos para se tornar uma "mocinha". 30 mil reais, para mostrar aos amiguinhos da escola da sua filha, que ela agora tem 15 anos.
É, só de pensar, fico até sem palavras pra encerrar o texto. Só espero, do fundo do meu coração, ter apenas filhos homens. Ou ganhar na mega sena...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails