quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

As correntes do mal

Repasse essa mensagem para todos os seus amigos

Quantas vezes você já leu isso nos emails que recebeu ou enviou? Muitas né?
Normalmente, em seguida, vem uma promessa. Ou de que algo muito bom acontecerá se você repassar o e-mail, ou pelo contrario, algo muito ruim acontecerá caso você ouse quebrar a corrente.


Mas alguma vez já aconteceu alguma coisa com você? Alguma vez o nome do amor da sua vida apareceu depois de enviar o email para as 20 pessoas? Ou você deixou de manda-lo, e começou a sentir sua vida desmoronar? Não né?


Já parou pra pensar se as correntes, dessas que pedem ajuda a alguém que precisa, são verdade mesmo? Gosto de recordar o caso de uma corrente que pede doações para um menino que precisava de doações para curar-se de um câncer. Sempre recebo esse email pedindo as tais doações. O que pouca gente sabe, é que ele se curou do câncer ainda em 1992. Sem receber uma unica doação. E a corrente continua sendo repassada até hoje, em 2010!

E esse é só um unico exemplo. Não faltam. Estados Unidos que ensinam que a Amazonia é deles. Uma guerra que está para explodir no Brasil. A menina do arame farpado. Nenhum, quando muito, chega a ser mais do que isso: Uma quase verdade.

Agora, se mesmo assim você prefere, pelo sim, pelo não, continuar repassando, peço que voce repense em como as pessoas te veem. Afinal de contas, você está, na pior das hipoteses, repassando uma maldição. As pessoas podem (e tendem a) te ver como um egoista, que para fugir de uma suposta maldição a envia para os seus proprios amigos. Bonito hein?.


Agora, aqui é sério: Se você repassar essa mensagem para 20 amigos seus, em menos de 1 hora, terá uma bela surpresa a proxima vez que o telefone tocar. Agora, se você não repassar, você estará negando a existencia de Deus, terá uma surpresa horrivel quando chegar em casa, perderá seu emprego, o amor da sua vida, o seu cachorro, suas moedas na colheita feliz...

Ta bom, essa ultima parte é brincadeira

Um comentário:

  1. Esta semana meu pai recebeu um e-mail que falava que um certo tipo de capim era a cura do câncer. Pura balela. Mas o cúmulo do ridículo foi a frase final. Era mais ou menos assim: "Amigo compartilha as coisas boas. Para não ter problemas na consciência, passe esta descoberta para todos os seus amigos."

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails