quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Amigos, amigos. Panos a parte

Essa merece. Levantar da cama e atualizar o blog, no meio da noite. Não conseguirei dormir enquanto não expressar isso aqui:
Cada um tem os amigos que merecem, já dizia o senso comum. Hoje tive certeza que isso é verdade.
"ele é firmezinha, gosta de funk, so usa 'uns pano loko' e combina cmg "


Sim amiguinhos. Isso foi uma frase real, dita por um amigo de uma amiga minha (e não é lenda urbana), pra descrever o seu melhor amigo. Eu posso ter poucos amigos, mas nenhum, garanto que nenhum deles, é meu amigo por causa dos "panos" que eu uso... Alias, eu prefiro não ter nenhum amigo, do que um que, ao citar as minhas qualidades, apenas se refira as roupas que uso.

Em que mundo vivemos, não? Jovens não medem mais o valor de seus amigos pelo seu caráter, e sim pelos seus bens materiais. Provavelmente, o raciocinio é: "Quanto mais bem vestidos meus amigos estão, mais atenção das meninas nós chamamos". E isso nos leva a outro ponto comum: Jovens não escolhem nem seus parceiros por afinidade com a pessoa em si, e sim, pelos bens que eles possuem. Lamentável.

Pode parecer tempestade num copo d'agua, é verdade. Mas pra mim não é, pra mim isso é um problema cultural, um monstro criado pela sociedade capitalista, onde o que importa é o que você tem, e não o que você faz.

Digo mais: Prefiro morrer sozinho, sem nenhum amigo, do que algum dia ser referido por algum deles como "O Thales que só anda nos pano" (até por achar essa giria tão lamentavel quanto quem normalmente a usa).

Um comentário:

  1. bem vindo ao mundo real...
    onde seu status vale mais que sua pessoa...
    fazer oque ne...
    so nos resta fazer as melhores escolhas possiveis...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails