domingo, 18 de janeiro de 2015

Estamos em 2015. Estamos em De Volta Para o Futuro 2?

 Se você confirmou presença no evento do Facebook, provavelmente deve ter pelo menos parado pra pensar sobre como 2015 é diferente daquele que Marty McFly conheceu no filme "De Volta Para o Futuro 2".

 "Prever" o futuro é uma arte ingrata, por duas razões: 1 - uma hora o futuro chega; 2 - sempre vai ter alguém pra lembrar do que você disse.

 E cá estou eu para lembrar. Pra abrir o blog em 2015, nada melhor do que compararmos 2015 de De Volta Para o Futuro 2 com a 2015 real em que vivemos. O que aconteceu mesmo? O que está diferente?


Roupas

Embora nós DEFINITIVAMENTE não estejamos nos vestindo como no filme, a moda de hoje é bem diferente dos anos 80. Ah, a Nike vai mesmo lançar o tal tênis que se amarra sozinho ainda esse ano. E nossas roupas estão ficando inteligentes. Óculos inteligentes, relógios inteligentes e logo mais até as camisas serão inteligentes - embora elas não sequem nossos cabelos, infelizmente.

 Combustível e Consumo de Energia

 A coisa ainda é baseada em combustíveis fósseis, embora a busca por energia alternativa esteja cada dia mais forte. Já existem carros que andam movidos por água ou até ar - embora não seja exatamente o tipo de carros que se compra no WebMotors. Energia de Fusão nuclear nas nossas casas? Energia produzida pelo lixo? Não, ainda não.


Computadores

Estão por toda parte, como no filme. Estão pequenos e ganharam outros formatos bem diferentes, como no filme. Mas não, o Macintosh não está acabado - na verdade ainda é bastante cobiça

Óculos digitais, realidade aumentada e realidade virtual

Até telefones celulares são capazes de fazer reconhecimento facial hoje em dia. Mas se quer algo punk mesmo, temos óculos inteligentes integrados com a internet capazes não só de reconhecer seus amigos como tirar fotos, filmar e mandar pras redes sociais. E projetos como o Óculus Rift prometem nos colocar na era da realidade virtual - ou não.

Hologramas e filmes 3D

Temos IMax. Temos alguns gadgets com teclados "holográficos". Temos cantores mortos fazendo shows pra milhares de pessoas. Ainda não é como no filme, mas as coisas estão caminho pra isso.

Michael Jackson

Sua musica ainda está entre nós. Mas o cantor, infelizmente não.

Garçonete virtual

É possível e fácil uma tecnologia dessas hoje em dia, mas caras, quem gostaria de ser atendido por uma tela? Ta bom, muita gente, e talvez por isso, usamos conceitos semelhantes (fazer nosso pedido através de um programa de computador numa tela) em dezenas de sites e apps na internet.

Telas grandes

Nós temos telas realmente grandes hoje em dia - com muito mais qualidade do que eles imaginavam.

Impressões Digitais

É usado até pra desbloquear o celular - mas ainda não é feito em escala global como no filme. A menos que você seja um super-espião ou um super-criminoso ou algo que realmente faça suas digitais serem interessantes pra alguém ao redor do globo.

Pepsi

É gostosa sim, mas ainda não é perfeita não.

 Envelhecimento

 Hoje em dia é muito mais fácil dar aquele tapa no visual pra "rejuvenescer". Plasticas, aplicações de cabelo e etc vem funcionando bem - fora uma infinidade de produtos cosméticos que prometem te deixar novinha. Mas nenhum desses produtos realmente te faz viver mais. Entretanto, as pessoas estão mesmo vivendo mais - e a tendencia é que o planeta terra se torne cada dia mais um planeta de idosos

Policiais

Aqui no Brasil mudaram pouca coisa - e há quem diga que piorou. Mas pelo menos os da vida real não se vestem como palhaços.

Fliperamas

Estamos jogando com controles de movimento (quando queremos né) em jogos muito mais avançados e interessantes do que aquele jogo que Marty jogou com os meninos - mas o tempo mostrou que o bom e velho joystick ainda é a melhor opção pra maioria dos jogos. A má notícia é que o mercado de fliperamas está praticamente extinto hoje em dia - e não, fliperama de shopping não é fliperama, aquilo é área de diversões, é diferente


Casas inteligentes

Bom, basta ter dinheiro. Cameras de segurança, portas, iluminação e aquecimento, geladeira, tudo isso pode ser integrado com a internet, com seu smartphone, comandado pela sua voz ou o que você quiser hoje em dia - e o preço de se ter uma "smarthome" vem diminuindo cada dia mais.

Videoconferência 

Temos até no celular. Você pode estar na praia tomando um sol enquanto faz videoconferência com seu chefe e os superiores dele se quiser. Não recomendo, entretanto. Na verdade, desconfio que a maioria das chamadas de vídeo feitas em 2015 são pra propósitos que não posso citar pois esse é um blog de família - o que prova como isso se tornou banal.

Máquinas de Fax

Nós ainda usamos máquinas de faz, mas cada dia menos - a internet e os smartphones vem fazendo o trabalho. Entretanto, as impressoras 3D já estão entre nós e muita coisa promete mudar.

Carros voadores, skates voadores, pessoas voadoras

Tudo ainda está na base do protótipo ou de modelos muito específicos que alguns poucos felizardos tem acesso. Ainda precisamos de estradas. Entretanto, se você for o Tony Hawk...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails