sábado, 10 de janeiro de 2015

Sisifo

Sisifo:
Quando a Morte foi buscá-lo,  Sisifo elogiou sua beleza e ofereceu-lhe um colar. O colar na verdade era uma coleira, com a qual Sisifo amarrou a Morte e fugiu.
Ninguém morreu por algum tempo.

Hades, o Deus do Mundo dos Mortos, e Ares, Deus da Guerra, quando souberam da historia ficaram furiosos - eles precisavam dos serviços da Morte. A libertaram e mandaram que levasse Sisifo para o Inferno imediatamente.

No momento de sua morte, Sisifo sussurou a sua esposa que não o enterrasse.
Ao chegar no Submundo, Sisifo reclamou a Hades sobre a falta de consideração de sua esposa que nem se dera ao trabalho de enterrá-lo e pediu mais um dia de vida para uma vingança. Hades atendeu. Sisifo voltou ao mundo dos vivos e fugiu com sua esposa - enganando a morte pela segunda vez.
Quando finalmente morreu, de velhice, Sisifo foi condenado a empurrar uma pedra enorme com suas próprias mãos montanha acima. No topo da montanha, a pedra cai, e ele precisa recomeçar o trabalho. Eternamente.

Daí a expressão "Trabalho de Sisifo". Um trabalho repetitivo, infrutífero e cansativo.
Possivelmente também a origem da expressão "Sisifufu". Ou não. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails