quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Pokémon Go é o primeiro jogo da série Pokémon?

 Pokémon Go foi um dos maiores fenômenos envolvendo games que se tem notícia.
 Desde a "pokéfebre" do final dos anos 1990 / começo dos anos 2000, não se falava tanto de Pokémon

 Agora que a loucura parece ter se acalmado um pouco, talvez seja hora de falar sobre algo que nem todos se atentaram no jogo. Muito além das hordas de Rattata e Zubats, além dos CP e Lucky Eggs, existe uma informação chave em Pokémon Go que pode mudar a forma como você olha para os monstrinhos de bolso: Pokémon Go é o primeiro jogo da ordem cronológica da série. É onde todo o mundo Pokémon começou. 
 Prepare-se para conhecer a verdade por trás do mundo Pokémon e talvez, apenas talvez, daquilo que nos espera no futuro:

 Um mundo recém descoberto.

 Vamos começar pelo começo: Você obviamente já reparou como é fácil capturar pokémons em Pokémon Go. Basta jogar algumas pokébolas e pimba, gotcha! Isso destoa de toda a série, onde você precisava batalhar, enfraquecer os pokémons e só então jogar a pokébola - e as vezes, são precisas muitas pokébolas (maldito Gibble!).

 Existe uma explicação para isso: Os pokémons de Pokémon Go são criaturinhas recém descobertas pelos humanos, que ainda não tem a "maldade", e se entregam sem maiores traços de hostilidade. Pra pegar um exemplo, em suas memórias, Charles Darwin relatava passeios por ilhas onde algumas espécies de pássaros que não tinham costume de ver seres humanos, ficavam tão próximos que poderiam ser mortos com um graveto curto sem dificuldades, e em ilhas habitadas, a mesma espécie era extremamente arisca. É o mesmo aqui: Não vivemos numa Zona de Safari enorme, não. Os pokémons simplesmente não se adaptaram ainda ao seu mais novo predador, os humanos.

 Outras pequenas mecânicas também parecem estar nascendo ainda: Os ginásios não tem um sistema de insígnias eficiente, nem líderes fixos, tampouco parece existir uma Liga Pokémon Oficial para regular tudo isso. As coisas parecem estar num estágio um pouco menos organizado do que vemos na série principal - simplesmente porque é um sistema mais antigo, primitivo.

A Grande Guerra Pokémon

Uma coisa que vale ressaltar a esse ponto é que tudo na série leva a crer que (fora Pokémon Go), a linha do tempo de Pokémon começa em Pokémon Red & Blue. O fato de Red (o protagonista) e outros personagens desse primeiro jogo aparecerem mais velhos em outras versões da franquia é a prova mais elementar disso. Essa é a nossa referência base: Pokémon Go tem que ser mais antigo que Red & Blue para ser o começo de tudo.

Todos nós sabemos que Pokémon se passa depois de uma grande guerra que aconteceu em algum momento da história daquele mundo. Isso é indiscutível a essa altura do campeonato. A grande pergunta que restava responder era: Que guerra? Se especulou muita coisa por anos, mas nunca tivemos uma evidência definitiva sobre qual seria o teor dessa guerra. Até agora.

 Qual foi a primeira coisa que você fez em Pokémon Go? Se "alistou" para o time Mystic, Valor ou Instinct, é óbvio. Desde então, ao redor do mundo, os três times estão por ai, disputando ginásios e tentando provar quem é o melhor, quem é o mais forte, alimentando um clima de hostilidade natural.
 Espere. Pessoas se alistando em facções e lutando por territórios contra as facções rivais ao redor do mundo. O quanto é preciso pra isso evoluir em uma guerra? Exatamente: Quase nada.

 O clone mal sucedido. 

 Pokémon Go no seu lançamento nos permitia capturar todos os pokémons da primeira geração exceto por Articuno, Zapdos, Moltres, Mew, Mewtwo e... Ditto. Ao passo que a razão para os lendários não estarem disponíveis assim tão fácil é compreensível, por que diabos o Ditto? Ele não é lendário, não é forte e num jogo que não se pode "cruzar" os pokémons, é virtualmente inútil.

Bom, se você manja das pokéteorias ou clicou nesse link que postei lá em cima, sabe que os Dittos nada mais são do que os clones do Mew que não deram certo. Eles tem o mesmo peso, nascem sabendo o mesmo golpe, ambos tem uma capacidade de adaptar seu DNA única entre os pokémons (ou copiando sua forma ou aprendendo qualquer golpe) o Ditto só pode ser encontrado no lugar onde o Mew foi clonado e onde o Mewtwo se escondeu e bla bla bla.

 Esse processo de clonagem aconteceu antes de Pokémon Azul e Vermelho, sendo que o Mewtwo parece ter surgido (e escapado) mais ou menos na época da aventura começar, talvez um pouco antes ou um pouco depois.

 O fato do Ditto só estar sendo liberado agora nos passa uma mensagem muito clara: "Já começamos a clonar o Mew e estamos descartando os clones mal-sucedidos". Antes não tinha Ditto porque ele não é um pokémon que existia na natureza antes da intervenção humana. Agora tem.

 A evidência decisiva: 

 O Professor Willow é um jovem pesquisador de pokémons que de certa forma "agencia" sua carreira como futuro mestre pokémon em Pokémon Go. O cara parece saber tudo de pokémons e gostar muito deles.
 Pryce é um excelente treinador pokémon e é o líder do sétimo ginásio que você enfrenta em Pokémon Gold & Silver, o segundo jogo da franquia e que ocorre diretamente após os eventos de Red & Blue. Esses são eles:



 Repararam que os dois gostam de segurar a pokébola fazendo exatamente a mesma pose? Repararam que o cabelo deles é parecido, embora Pryce esteja perdendo o seu cabelo por causa da idade? De quebra, se você for bem atento, pode reparar que o formato da boca é o mesmo também, com o detalhe como se fosse a bochecha (um pouco mais acentuado em Pryce, pela idade).
 Você já deve ter entendido onde eu quero chegar mas eu vou tornar as coisas bem explícitas na próxima imagem:

 Daquilo que Pryce diz ao ser derrotado no remake de Gold & Silver para Nintendo DS, precisamos pegar apenas o principal: "Willow é meu nome do meio".
 Eles tem traços físicos e gostos parecidos, gostam de fazer a mesma pose e tem o mesmo nome. Ou estamos falando de uma coincidência enorme ou, o que me parece mais sensato, estamos falando da mesma pessoa... Em sua juventude e na terceira idade.
 Pryce é o Professor Willow depois de muitos anos. E sePryce é um idoso em Gold & Silver que se passa depois de Pokémon Red & Blue, e um jovem em Pokémon Go, não há muitas saídas senão concluir que Pokémon Go se passa muitos anos antes de Pokémon Red & Blue. 

 Mas hey, isso é só uma teoria.

 A verdade está exposta. Agora você sabe em que período estamos: Estamos num mundo onde os humanos acabaram de descobrir os pokémons e começaram a caçar eles feito loucos (e os bichinhos inocentes nem revidavam). Um mundo antes da Liga Pokémon, do sistema de insígnias e de Líder de Ginásio virar uma profissão. Num mundo antes de conseguirem clonar o Mew direito. Nos aproximando da Grande Guerra Pokémon, aquela que dizimou o mundo ao ponto de só sobrarem pequenos vilarejos povoados por mulheres solteiras e crianças orfãs. 

 Uma guerra na qual você se alistou, no momento em que decidiu em qual time entraria. 

 Toda essa teoria foi postada pelo canal "The Game Theorists" no YouTube, inclusive com alguns detalhes a mais que dão ainda mais base para ela. Você pode assistir o vídeo a seguir (em inglês). E lembre-se: Pokémon tem mistérios que não querem que você saiba. Mas a verdade é libertadora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails