segunda-feira, 10 de março de 2014

Fóruns de Games


Aqui no blog eu já falei sobre muitas épocas, lugares, pessoas e criaturas fantásticas.  De certa forma, já viajamos o mundo e o tempo em busca das melhores histórias, em busca daquilo que fosse notável e merecesse uma nota aqui. Mas as vezes o que mais encanta é o obscuro, o nojento, o feio!

E eu confesso a vocês meus amigos, eu não sou dos mais antigos da internet não, mas boa parte do tempo que estive aqui, eu gastei e ainda gasto no ambiente mais distorcido que a grande rede, talvez o mundo, já tenha visto. O lugar onde a criança chora e a mãe não vê.O lugar onde as garotas boas não vão, mas as más vão, ah! Elas vão...

Os fóruns de games na internet.

Aviso: Ao escrever os parágrafos que se seguem, me lembrei de tantas situações e pessoas lamentáveis que não deu pra conter as emoções. Há um ar meio dark nesse texto.

A internet em si é um lar de gente estranha. Se quiser tirar a prova dos 9, abra aí a loja de aplicativos do seu celular e vai nos comentários de um aplicativo popular qualquer. Triste, não é?

Fóruns de games não devem ser tão diferentes dos outros fóruns pela internet a fora, eu imagino, então se você frequenta outro tipo, é provável que veja coisa similares. Os personagens, esses eu tenho certeza, serão sempre os mesmos.

Os personagens, as estrelas do show! Estar em um fórum de games é como estar em um grande teatro, repleto de personagens. Personagens fiéis aos seus comportamentos, aliás, que são bastante padronizados, o que é engraçado.

Os fóruns gamers guardam, seguramente, as mentes mais pensantes do Brasil. Os intelectuais, os cultos, acima do bem e do mal, dotados de um senso de humor ácido presente em todas as ocasiões, e um senso crítico irrepreensível. Em fóruns de games, não importa qual seja o assunto, você tem uma oportunidade de mostrar sua superioridade intelectual e você vai aproveitá-la, essa é a regra. Observe a seguinte frase:

"Eu até tentei assistir recentemente mas não dá! É tanto absurdo que não dá pra engolir! 5 minutos vendo, minha paciência se esgotou e desliguei! Pra assistir um negócio desses tem que ter muito estômago!".
Essa é uma frase que realmente foi publicada em um tópico recentemente. O assunto do tópico? Pokémon, o desenho animado. Exatamente, meus amigos, o cara não assiste pokémon porque o desenho tem muitos "absurdos". Não é porque ele é um marmanjo que passou dessa fase, não. Imagina.

Paralelo ao intelectual existe outro tipo onipresente nos tópicos, o hater. Esse é sensacional: O cara aparentemente detesta o game / console / empresa que dá nome ao fórum, mas não apenas compra, como ainda dá as caras no fórum pra falar mal em toda a oportunidade. Parece totalmente ilógico que alguém vá desperdiçar seu tempo, num mundo onde o tempo é tão precioso, pra entrar em um fórum tentando convencer as pessoas que os games que elas gostam são ruins mas isso é mais comum do que você imagina. Entra num fórum de qualquer sistema Nintendo aí, e veja a primeira página de dois tópicos (geralmente um já basta, mas veja dois se ainda duvidar) e tire suas próprias conclusões.

Haters e cultos muitas vezes se misturam, vem num combo incrivelmente irritante, mas já que estamos falando de gente que odeia e que pensa saber a resposta da vida, universo e tudo o mais, existe uma figura que é um misto dos dois, está completamente fora de lugar mas está em todos os fóruns de games: O Hater religioso.

Sinceramente, não sei qual o problema desses caras. O cara é uma versão caricata do fanático religioso, fanático em sua não-religiosidade, mas a sua presença em fóruns de games é que é esquisita. Mas ele estará lá, e qualquer mínima menção a religião, Jesus ou o que for, será a evocação do sujeito.

Para exemplificar: Recentemente, em um off-topic sobre os maiores gênios da humanidade, postei minha opinião, e entre os que destaquei nos diferentes campos, citei Jesus que como figura histórica, teve um alcance imenso e uma influência gigantesca na história do mundo. Apenas isso, sem nem me identificar como religioso que francamente não sou. A postagem seguindo estava lá para dizer porque Jesus não podia entrar na lista, porque ele não existiu, porque Constantino fabricou essa mentira, porque... Gente, por que? Pra que isso? Que exagero! O pior de tudo, isso é frequente.

Há a contraparte óbvia: Além dos haters, há os lovers. Os fanáticos pelo sistema, pela marca ou pelo jogo, que estarão lá, prontos para defende-los com unhas e dentes. E veja bem, pra isso, vale tudo, inclusive mudar de opinião do dia pra noite.

Pra quem acompanhou o mercado de games nos últimos anos, o próximo exemplo é bem ilustrativo: Os amantes da Nintendo. Até 2004, eles se gabavam de que os videogames da Nintendo eram mais potentes, que tinham a melhor experiência de jogo, gráficos mais bonitos, jogos que jamais rodariam num playstation e bla bla bla. Então, veio o Nintendo Wii e o Nintendo DS e pronto, gráficos não importam, o que importa é a diversão. De repente, jogo bonito passou a ser sinônimo de jogo ruim, na cabeça deles. E aí veio o Nintendo 3DS, com gráficos melhores que os do PSP, da Sony. Os fóruns de Nintendo fervilharam com a boa nova e por um breve intervalo de tempo, gráfico passou a ser importante de novo, era a resposta da Big-N, chupem sonystas e... Saiu o Playstation Vita pouquíssimo tempo depois, e os gráficos voltaram a ser sinônimo de jogo ruim. É assim que os lovers funcionam, volúveis a tudo, tudo que seja a favor da sua "empresa do coração" (o que aliás, convenhamos, "empresa do coração" soa meio ridículo né?)

Falando em excessos, o senso de humor da galera desses fóruns é talvez o ponto mais triste a ser tocado. Não importa o assunto, não importa a notícia, não importa, sempre haverá alguém com uma piadinha, irônica, voltada ao humor negro, ali, para o sujeito se dizer o 'descolado'. Não dá pra explicar o humor praticado em fóruns de games, é algo do tipo "rebeldia" com um toque de "não estou nem aí pro mundo" e uma pitada de "sou o centro do universo". Se isso não se parece com humor pra você, a razão é óbvia: Não é humor, exceto pros engraçadinhos dos fóruns.

Sim, o fórum de games é um lugar de gente egocêntrica. A verdade é que ele é habitado por todos os Sheldon Coopers da sociedade. Pessoas que se acham espetaculares e não entendem por que não são populares na vida real. Por que não são admirados. E então resolvem que os fóruns de games são um bom lugar para convencer os demais e se livrar dessas frustrações. Não funciona muito bem, lógico. E isso só alimenta o ciclo.

Essa batalha de egos e a necessidade e nunca perder um debate gera alguns conflitos de idéias flamejantes. Mas aqui há uma nota que diferencia esses fóruns da maioria dos outros. Em um fórum de política, por exemplo, duas pessoas de opiniões divergentes podem gerar um debate muito produtivo. Em um fórum de games a história é outra: Aonde poderá chegar um debate sobre a superioridade do Playstation sobre o Xbox ou vice versa se não a... Lugar nenhum? Ou pior: No momento que você lê isso, alguém está preparando uma resposta caprichada para provar que o Mega Drive era um aparelho melhor que o SNES. Alô? Estamos em 2014! Hoje em dia, a Nintendo libera os seus personagens para que a Sega faça jogos para os consoles da Nintendo! (Como é o caso dos jogos de Mario e Sonic nas olimpíadas ou mesmo aquele F-Zero pra Gamecube). Mas esse debate ainda está vivo, e se alimenta do ego de nerds querendo provar que são os melhores em seus argumentos.

 Ainda bem que não havia fóruns de games no começo dos anos 90, o auge do Nintendo x Sega, você pode pensar. Mas você está enganado: Se você for a fundo nos arquivos da web, vai encontrar fóruns de games muito antigos, e o pior, já eram os mesmos assuntos e os mesmos personagens de hoje em dia, apenas adaptados ao contexto. A Nintendo vai falir! Os games estão morrendo, hoje em dia só querem saber de gráficos, onde está a diversão? Qual versão desse jogo tem os melhores gráficos? Esses assuntos eram recorrentes nos fóruns em 1996. Familiar? Aliás, me lembro que uma vez, visitando um fórum dessa época só pelas risadas, me deparei com um sujeito que dizia: "Falem o que quiser da mídia do N64, mas mesmo o Cd-Rom é limitado. O futuro dos games está no DVD!" em 1996. Se ele usa esse talento de visionário na bolsa de valores, está podre de rico a essa altura.


O que mais assusta é que não, esses fóruns não são frequentados por crianças e adolescentes entre 10 a 17 anos e seus comportamentos normais de quem está em fase de afirmação. A grande maioria das pessoas que frequentam esses lugares tem de 23 anos pra mais.


Mas se os fóruns de games são essa insanidade toda, por que voltar lá? Você pode conhecer muita gente legal nos fóruns de games, alguns dos meus melhores amigos vieram de lá. Além do que, o fato de que, bom, é divertido. Nos fóruns de games nasceram lendas da internet, lendas como o Leonam, ou o menino do Entei... Lendas, criaturas e pessoas que não surgiriam em outro espaço senão nos anais da internet.

A loucura distrai. E é por isso que os fóruns de games fazem tanto sucesso. Os games são só um detalhe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails