sábado, 5 de dezembro de 2015

Stephan Akhwari: Termine a corrida.

Cidade do Mexico. 1968. Olimpiadas. Maratona.
Uma hora já havia se passado desde que a prova tinha terminado. A plateia se preparava pra sair do estadio quando um último homem entrou pelo portão. Mancando, com a perna lavada em sangue e toda ralada, bem como outros machucados em todo o seu corpo.
Seu corpo não estava firme. Seus olhos estavam: Fixos na linha de chegada.
A plateia levantou-se e aplaudiu de pé, muito mais do que havia aplaudido os vencedores da prova.
Stephan Akhwari, da Tanzânia, havia sofrido uma queda no meio da prova de 42 km. Quando seus machucados foram limpos, ele insistiu em continuar a prova. Ele havia sido um dos primeiros a sair, mas era o ultimo a chegar.
A plateia levantou-se e aplaudiu de pé, muito mais do que havia aplaudido os vencedores da prova.
Quando um reporter perguntou a Stephan por que ele simplesmente não desistiu, a resposta foi essa:
"Não acho que você vai entender. Meu país não me enviou numa viagem de 7 mil km pra eu começar essa corrida. Eles me enviaram aqui pra que eu a terminasse."



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails