sexta-feira, 5 de novembro de 2010

A resposta para a vida, o universo e tudo o mais

   Certas coisas na vida são totalmente impossíveis de explicar. Pelo menos são complexas demais para explicar em uma simples e vã existência com prazo de validade estabelecido no máximo (e estou sendo absurdamente generoso nesse máximo) em 115 anos.

São perguntas como “por que as lojas 24 horas tem trancas nas portas” de que estou falando aqui? Não. É algo mais complexo ainda, é a resposta para a pergunta fundamental da vida, do universo e tudo o mais, algo que ninguém sabe responder. Bem, na verdade, alguém soube. As vezes, as respostas são muito mais simples do que parecem. E essa é uma dessas vezes. 42. Essa é a resposta para a vida, o universo e tudo o mais. Sim, o número 42. Não entendeu nada? Venha, eu te explico.



Que raio de resposta é essa?

Foi isso que os ratos pensaram. Calma, não fiquei louco (pelo menos é o que eu acho). Antes que você feche a janela e vá ver a sua sorte do dia no Orkut, vou lhe explicar: Estou falando de uma, e vamos chamar assim por falta de um nome melhor para chamar, brincadeira que surgiu na série de livros, que também virou série de TV, filme, mas na verdade começou como programa de rádio (?), “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, de Douglas N. Adams, que retrata de forma bem humorada muitas coisas, que eu levaria horas para citar.

Para entender perfeitamente o contexto você terá que, de fato, ler o livro, mas resumirei o que importa para o nosso assunto: Segundo o livro, os ratos (o livro diz que eles são os seres mais sábios da galáxia, apenas se fazem de bobinhos para nos enganar) construíram a um super computador, chamado Pensador Profundo, para responder essa pergunta. Depois de alguns milhões de anos, ele deu 42 como a resposta definitiva.

Óbvio que os ratos ficaram decepcionados. O computador então se justificou, dizendo que eles entenderiam a resposta, o dia que entenderem a pergunta. Afinal de contas, você já parou para tentar entender o que se deve esperar de uma resposta para a vida, o universo e tudo o mais? Para então entender a pergunta, os ratos construíram outro supercomputador, esse tão colossal que seria confundido com um planeta. Uma tal de Terra...

Esse segundo computador foi encarregado então de calcular o significado real da pergunta, para que então entendessem a resposta. E está calculando ainda. Um dia ele dirá aos ratos, e então eles terão entendido tudo.

Maluquice, não é? Que seja. É uma maluquice criativa, e pessoas gostam de brincar com maluquices criativas. Desde então, não é difícil encontrar por ai referências ao 42 como a resposta para a tal pergunta, seja lá qual for o significado real da pergunta. Muita gente entrou na brincadeira. “Gente” famosa, como o Google. Assim que terminar de ler a postagem, dê uma busca no Google por “resposta para a vida, o universo e tudo o mais” e veja o que a calculadora do buscador tem para te dizer.

E a melhor parte: Com o tempo, as pessoas foram notando algumas coincidências envolvendo esse número. Coisas curiosas, surpreendentes e até assustadoras, dependendo do que “assustador”, “curioso” e “surpreendente” de fato significa para você. Entre as quais, devo citar que:

  • Quando Ayrton Senna morreu, estava para completar sua 42° vitória. O número do seu kart no início da carreira era 42
  • Elvis Presley morreu com 42 anos de idade
  • Na Bíblia, o novo testamento diz que o número de gerações de Abraão até Jesus corresponde a 42
  • O único metal da segunda série de transição que é essencial para a vida, tem o 42 como seu número atômico (se você, como eu, não sabe nada sobre química, e nem sequer sabe exatamente se isso é química, é uma boa hora para estudar um pouco. O metal em questão se chama Molibdênio, é só clicar aqui para ler sobre ele)
  • Sidarta era o nome de Buda quando esse ainda era vivo. Se transformarmos as letras em números (A = 1, B = 2, etc), e somarmos os números do nome Sidarta, o resultado é 42 (fico me perguntando o quanto a pessoa que descobriu isso era ocupada...)
  • É o número total de volumes do famoso mangá Dragon Ball (e isso é muito relevante)
  • A primeira calculadora foi inventada em 1942
  • Em japonês, o número 4 pode ser lido como “shi”, e o número 2 pode ser lido como “ni”. Juntando os dois temos “Shini”, que em japonês significa “morte”
  • A maratona tem 42 quilômetros
Enfim. Enquanto a Terra não consegue terminar o cálculo, podemos devanear sobre todo o tipo de coisas, e continuar nos perguntando qual o sentido da vida, do universo e tudo o mais. Ou melhor: Sobre qual o significado real da pergunta sobre o sentido da vida, do universo, e tudo o mais. Ou seguir nossas vidas e deixar que os ratos continuem a pensar nessas coisas. O que eu, particularmente, acho a melhor opção.


2 comentários:

  1. Heheheheheh Guia do Mochileiro das galaxias é muito bom, humor excelente.
    PS: Curiosidade, os ratos são só os mais inteligentes da terra

    ResponderExcluir
  2. Opa, e ae brother? Tranquilo? Gostei do seu blog.

    Se quiser, dá uma olhada no meu lá.

    Abração!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails